Smarthome: Converte a tua casa

Há muitas décadas que o ser humano sonha com casas inteligentes e autónomas, que realizem todas as tarefas de casa por si mesmas. Este conceito de domótica tem se vindo a tornar em Smarthome, um neologismo que da nome a algo que levamos anos a imaginar.

Muito se escreve e se fala das casas inteligentes. Desde o cinema até as publicações de decoração, a domótica está cada vez mais nas nossas mentes como uma revolução, o futuro.

Conceitos de casas em que as luzes acendem quando se entra, aquecimento que se liga antes de chegarmos a casa para recebermos um abraço quente. O robô de cozinha que dá o ultimo toque na nossa receita ou um robô aspirador que em silêncio aspira a nossa sala quando estamos a ver o nosso programa favorito. Tudo isto já não é ficção cientifica, tem um nome: Smarthome e apelidos como smartlighting, smarthealth, window control...

Porque converter a minha casa numa casa inteligente?

Dizer que o que importa é a comodidade é esquecer o que de muito importante uma domótica em casa pode fazer por nós. Aspetos importantes como a segurança, estilo de vida e também a vertente economia, eficiência e sustentabilidade definem o novo conceito de uma casa conectada.

Aprender a automatizar as tarefas do dia a dia, faz com que tenhamos mais conforto e mais tempo livre para desfrutar do nosso lazer e família. Mas ainda há muito mais.

Um dos benefícios mais destacados é o aumento da segurança com a instalação de alarmes e câmaras no exterior e interior da nossa casa.

Outra das razões é o peso que vai ter na nossa poupança económica. Ar condicionado e aquecimento controlado por nós permitem poupar ao final do mês.

A poupança energética além de contribuir para a nossa economia, também poupa no meio ambiente. Este ponto é fundamental e tem uma grande relevância de momento, em que as marcas de eletrodomésticos dedicam grande parte do seu tempo em investigação para confecionar dispositivos mais eficientes e a pensar em nós. A combinação dos avanços tecnológicos e o uso personalizado dos nossos eletrodomésticos, ajudam a criar um mundo mais sustentável para nós e os nossos filhos.

A gestão da tua casa no smartphone.

A escolha principal que as casas inteligentes enfrentaram não foi nada mais que as pessoas possam estar conectadas as suas casas.

As persianas que sobem e descem sozinhas já existem à algum tempo, também as cortinas que abrem e fecham sozinhas ou as janelas que escurecem com a luz do sol. Os robôs de cozinha e aspiradores também nos acompanham à anos. Mas? Como comunicamos com esses dispositivos? Tinham que ser configurados presencialmente. E se os nossos planos um dia mudarem e chegamos antes ou depois da hora prevista em casa?

Seguramente sentias frio, o chão estaria sujo ou terias que pedir comida em casa.

Com a chegada do smartphone temos a ferramenta perfeita para fazer a gestão da nossa casa em qualquer lugar. O telemóvel é um elemento fundamental e que está a definir a casa do futuro.

Já algum tempo as companhias de eletrodoméstico criaram aplicações para recebermos alertas que são enviados diretamente dos seus dispositivos para o seu smartphone. Frigoríficos que enviam notificações quando acaba um alimento e elaboram uma lista de compra, máquinas de lavar que podemos programar desde do escritório, termostatos que nos avisam se faz muito frio ou calor em casa... Incrível? Pois isto é só o começo. Bem-vindo ao futuro, bem-vindo a casa dos teus sonhos.