🧡🌧 Chegam os Dias Laranja, prepara-te para um vendaval de descontos 🌧🧡 Ver agora >
🧡🌧 Chegam os Dias Laranja, prepara-te! 🌧🧡 Ver agora >
00
Dias
04
Hrs
22
Min
05
Sec
PcComponentes
  • Todas as categorias
  • Recondicionados
Minha Conta

Vale a pena comprar uma Nintendo Switch OLED em 2024?

Os rumores indicam que a Nintendo está perto de revelar a sucedora da Nintendo Switch. Enquanto a espera se torna realidade, a pergunta impõe-se: Faz sentido comprar o último modelo da consola portátil?

Vale a pena comprar uma Nintendo Switch OLED em 2024?

O ano de 2024 acabou de começar e apresenta-se como um dos anos mais interessantes na indústria dos videojogos, pelo menos do ponto de vista do hardware. Embora não seja oficial, todos os sinais indicam que a Nintendo revelará e comercializará a sucessora da Nintendo Switch. Este híbrido entre consola de mesa e portátil foi o grande vencedor da última geração de consolas, com mais de 132 milhões de unidades vendidas desde o seu lançamento em março de 2017.

Como é habitual num momento de transição geracional, jogadores mais novos e também os mais experientes questionam até que ponto é aconselhável adquirir o último modelo da Switch, a Switch OLED, se todos os rumores indicam que a sua sucessora está ao virar da esquina. Apresentamos algumas informações chave para que tenhas toda a informação antes de tomar uma decisão.

O calendário: Haverá uma nova consola Nintendo em 2024?

A resposta curta: não sabemos. A resposta longa: tudo indica que sim. E mais cedo do que tarde. Se observarmos alguns indícios, podemos concluir que o anúncio e a comercialização estão relativamente próximos. Falemos sobre prazos: a primeira Switch foi lançada em março de 2017, há quase sete anos. Se observarmos o intervalo de tempo entre gerações, veremos que é comum os fabricantes deixarem um intervalo de seis a oito anos entre uma máquina e outra.

Outro indicador, e este é bastante mais revelador, é a ausência de anúncios de jogos first party para além do mês de março. Mario vs. Donkey Kong está previsto para 16 de fevereiro, e Princess Peach: Showtime será lançado a 22 de março. Os próximos anúncios incluem um remake de Luigi’s Mansion 2 para o terceiro trimestre do ano e é provável que haja um novo Paper Mario, embora sem data confirmada. A clara ausência de títulos first party no horizonte próximo costuma ser reveladora.

Especificações técnicas: a Switch OLED é significativamente melhor que o modelo original?

Na geração passada, foi a primeira vez em que os três fabricantes lançaram novas versões de suas consolas a meio do ciclo de vida das mesmas. Isso aconteceu com a PlayStation 4 e a PS4 Pro, com a Xbox One e a Xbox One X, e aconteceu com a Nintendo Switch e a Switch OLED.

Se compararmos a Switch OLED com a Switch original, encontramos que a primeira foi concebida como uma versão da consola com um argumento claro a seu favor: um ecrã OLED que não apenas se vê melhor que o original, com cores (e pretos) muito mais intensos, mas também é maior. Sem alterar as dimensões da consola, temos um painel de 7” em comparação com os 6,2” que a original tinha.

Nintendo-Switch-Azul-Néon/Vermelho-Néon-V3

Nintendo Switch Azul Néon/Vermelho Néon V3

(190)
304,95
Mais baixo nos últimos 30 diasVer detalhes

O modelo OLED também possui mais armazenamento interno (64GB em comparação com os 32GB do seu antecessor) e pesa 22 gramas a mais. O suporte que permite jogar com ela apoiada numa mesa é muito mais largo e tem mais opções de inclinação, para que a possas colocar no ângulo que mais gostares, e a base agora possui uma porta Ethernet para conectar a consola à internet por cabo.

Além dessas diferenças, as consolas são tecnicamente idênticas: mesmo processador, mesma unidade gráfica, mesma bateria e vida útil, mesma resolução de ecrã e taxa de atualização. Em outras palavras, o modelo OLED é ideal para aqueles que jogam no modo portátil. Se vais jogar na tua televisão, a diferença entre uma e outra é praticamente imperceptível.

O desempenho: Existem opções equivalentes à Nintendo Switch OLED em 2024?

O último ano tem sido o da popularização das consolas portáteis cuja inspiração é claramente derivada da Switch original. Se fizermos uma comparação das melhores consolas portáteis, vemos que a primeira a entrar no mercado foi a Valve, com a Steam Deck, uma máquina que coloca toda a biblioteca da Steam nas tuas mãos e que recentemente lançou também um modelo OLED. O preço? 569 euros (embora exista um modelo LCD por 419 euros).

A Steam Deck não é a única concorrente da Switch OLED. Nos últimos doze meses, também foram lançadas a ROG Ally, que podes adquirir por 649 euros atualmente, e a Legion Go, que neste momento custa 799 euros. Tanto a Ally como a Go são máquinas ainda mais potentes do que a Steam Deck, embora esse dado também se reflita no preço.

Por outro lado, a Nintendo Switch OLED está disponível por cerca de 350 euros. O seu hardware está claramente atrás dos seus concorrentes devido a uma simples questão temporal: foi lançada em 2017, enquanto o seu primeiro concorrente, a Steam Deck, foi lançado em fevereiro de 2022. No entanto, ao contrário desta, da ROG Ally e da Legion Go, a Nintendo Switch OLED possui um argumento que nenhuma destas máquinas pode igualar, e explicamos no ponto seguinte.

O catálogo: a principal vantagem da Nintendo Switch OLED em 2024

Se há um ponto em que nenhuma consola portátil pode equiparar-se à Nintendo, é na oferta de jogos first party. A única maneira de jogar alguns dos títulos mais aclamados dos últimos anos é com uma Switch ou Switch OLED. Aqui está uma amostra do que podes encontrar: The Legend of Zelda: Tears of The Kingdom, Super Mario Bros Wonder, Metroid Dread, Mario Kart 8 Deluxe, Pikmin 4, Animal Crossing: New Horizons, Splatoon 3, Super Mario Odyssey, The Legend of Zelda: Breath of the Wild, Captain Toad: Treasure Tracker... Alguém pode igualar isto?

Conclusão: Vale a pena comprar uma Nintendo Switch OLED em 2024?

Não há uma resposta única para a questão de se vale a pena comprar uma Nintendo Switch OLED no início de 2024. Se já tens uma Switch e ainda não adquiriste uma OLED, recomendamos esperar alguns meses até que a incógnita sobre a sua sucessora seja esclarecida. Se não tens uma Switch e a ideia de ter uma máquina portátil que também pode ser jogada numa televisão te atrai, existem opções mais interessantes como a Steam Deck, ROG Ally ou Legion Go, embora com um aumento considerável no preço.

Se ainda não tens uma Switch e estás interessado em jogar todo o catálogo exclusivo da Switch, que é bastante apelativo, adquirir uma Switch OLED pode ser interessante. Mas atenção, se de repente a Nintendo anunciar uma sucessora da Switch que seja retrocompatível com o seu catálogo mais recente, este último ponto não será muito útil. Considerando que a Switch OLED está no mercado desde o final de 2021, o melhor que podemos recomendar é que aguardes para conhecer o próximo movimento da Nintendo e, com toda a informação disponível, tomes a decisão que mais te convier.

post
MOFU
gaming-y-videojuegos