🧡🌧 Chegam os Dias Laranja, prepara-te para um vendaval de descontos 🌧🧡 Ver agora >
🧡🌧 Chegam os Dias Laranja, prepara-te! 🌧🧡 Ver agora >
01
Dias
00
Hrs
52
Min
41
Sec
PcComponentes
  • Todas as categorias
  • Recondicionados
Minha Conta

Steam Deck OLED vs ASUS Rog Ally: Qual é melhor?

Se estiveres indeciso entre comprar a Steam Deck OLED ou a ASUS Rog Ally, tentaremos ajudar na decisão comparando as suas características.

Um rapaz a comparar ASUS Rog Ally vs Steam Deck OLED

Comparar a Steam Deck OLED e a Asus ROG Ally implica analisar duas propostas semelhantes e, ao mesmo tempo, distintas no âmbito das consolas portáteis de alto desempenho. Ambas procuram oferecer uma experiência de jogo sólida e versátil, mas com abordagens e características técnicas diferentes. 

Vamos analisar cada um dos aspectos destacados de ambas as consolas para que possas escolher com todos os dados possíveis. Mas antes, é bom ter em mente o que considerar ao comparar consolas portáteis deste tipo.

Como escolher entre consolas portáteis de nova geração

Dizemos "nova geração" porque estas consolas não têm nada a ver com o que era a PSP. Estas consolas são muito superiores também ao que um telemóvel oferece. Estão quase ao nível do que se pode conseguir ao jogar num PC, com limitações no tamanho do ecrã e na refrigeração que, logicamente, impõem um limite ao desempenho que se pode alcançar. 

De qualquer forma, o principal ao analisar e comparar dispositivos deste tipo é o mesmo que ao comparar um PC: processador e chip gráfico. 

Eles definem a potência do dispositivo, e uma grande diferença neste aspecto inclinará a balança completamente para um lado. 

A memória RAM costuma ser semelhante neste tipo de dispositivos e, geralmente, segue na mesma linha do processador, por isso não há surpresas, pois também inclinará a balança em caso de uma diferença imensa. 

Se esses elementos são semelhantes, ainda seria necessário aprofundar a questão do ecrã. Mais tamanho, maior resolução e maior frequência são aspectos muito relevantes. Mas é preciso ter em mente que a resolução e a frequência podem estar limitadas pela potência. Não adianta ter 4K, ou mesmo Full HD, ou 120 Hz, se tivermos que executar jogos muito potentes com componentes limitados em possibilidades. Será preferível, em quase todos os casos, baixar a resolução. O tamanho do ecrã pode ser mais relevante porque, sendo um dispositivo portátil, um ecrã muito pequeno pode oferecer uma experiência de jogo deficiente. 

E na mesma linha, na experiência de jogo, encontramos outros aspectos como a ergonomia do dispositivo, os controlos, a bateria e autonomia. 

No entanto, um aspeto que para alguns pode ser crucial e para outros nada relevante é a plataforma e o sistema operativo. E isso está diretamente relacionado com o catálogo de jogos que pode ser executado. Se todos os títulos aos quais jogas estiverem disponíveis para a plataforma que estás a comprar, não importará que não tenha acesso a outro catálogo, mas é um aspeto a ter em conta se não quiseres limitar as opções. 

Com isso claro, vejamos qual é o plano tático apresentado pela proposta da Asus e da Steam para o mundo das consolas portáteis. 

Potência da Asus ROG Ally vs Steam Deck OLED

Quanto aos componentes relativos à potência e desempenho de ambas as consolas, infelizmente para a Steam Deck OLED, a chegada da nova versão não muda muito as coisas. O modelo da Asus continua a ser superior, pois a consola da Valve não teve muitas novidades neste aspecto. 

Há uma diferença significativa de nível em aspectos como o processador e o chip gráfico. E, de facto, a diferença continua a ser geracional. Os anos que a Steam Deck tem continuam a ser notados em termos de processador, apesar de terem atualizado o ecrã, e é que permanece com o AMD Zen 2 com o chip gráfico RDNA 2. 

Pelo contrário, a Asus ROG Ally conta com o AMD Ryzen Z1, que pertence à geração Zen 4, e com o chip gráfico RDNA 3. Na verdade, a versão lançada inicialmente foi a que contava com o chip Ryzen Z1 Extreme, uma versão aprimorada do chip que oferece um desempenho ainda maior. 

É inegável que o desempenho oferecido por esta última é superior em situações equivalentes: com mesma resolução e frequência de atualização, e isso joga contra a Steam Deck. 

O ecrã: um lado positivo e outro negativo

O ecrã é um elemento fundamental na experiência de jogo de qualquer consola portátil, e tanto a Steam Deck OLED como a Asus ROG Ally oferecem características distintivas neste aspeto. 

Começando pela Steam Deck OLED, o seu ecrã de 7,4 polegadas é ligeiramente maior do que o do seu concorrente, proporcionando uma experiência de visualização imersiva e envolvente. Este tamanho superior é especialmente notável, permitindo desfrutar dos jogos com maior detalhe e conforto. Considerando que o ecrã é um dos aspetos mais limitativos em comparação com um PC, é sempre vantajoso escolher um formato ligeiramente maior. 

Além disso, a tecnologia OLED utilizada no ecrã da Steam Deck OLED oferece uma qualidade de imagem excecional. As cores são mais vibrantes e os pretos são mais profundos, contribuindo para uma experiência visual mais realista e envolvente. Esta tecnologia também ajuda a reduzir o desfoque de movimento, resultando numa imagem mais nítida e suave durante o jogo. 

Por outro lado, a Asus ROG Ally, com o seu ecrã de 7 polegadas, apresenta uma resolução Full HD superior, o que significa uma maior densidade de píxeis e uma imagem mais nítida e detalhada. Além disso, a sua taxa de atualização é também mais elevada, atingindo os 120 Hz, proporcionando uma maior fluidez na ação e uma experiência de jogo mais suave. 

No entanto, é importante ter em mente que a necessidade de ajustar os recursos gráficos para manter um desempenho ótimo pode limitar o impacto destas características. Embora a resolução e a taxa de atualização mais elevadas possam oferecer uma maior qualidade de imagem e uma experiência de jogo mais fluída em condições ideais, é provável que os jogadores tenham de reduzir estas configurações para garantir um desempenho estável em jogos mais exigentes. Isso faz com que, a nível técnico, ter mais possibilidades não seja tão interessante quanto ter um ecrã maior e com tecnologia OLED, como no caso da Steam Deck OLED. Na minha opinião, este aspeto é um dos poucos que dá vantagem à consola da Valve na comparação, o do ecrã. E também uma oportunidade perdida para a Asus, já que a tecnologia OLED num ecrã um pouco maior teria colocado a consola da Steam numa posição mais favorável. 

Quanto tempo podes jogar com cada uma?

Não é surpresa que cada fabricante forneça uma orientação sobre quanto tempo de autonomia cada consola oferece em suas configurações máximas. Ou seja, a orientação é para condições ótimas, que geralmente incluem baixa resolução, brilho moderado, jogos que não consomem muito, etc. 

No caso da Asus, é preciso dizer que as suas estimativas são mais realistas do que as da Steam Deck OLED. No entanto, no final, a realidade é que ambas terão mais ou menos a mesma autonomia de bateria com uma configuração semelhante, variando em torno de uma hora e algo se jogarmos títulos muito exigentes, podendo chegar a três horas se combinarmos jogar com navegar um pouco na Internet ou ver algum vídeo. Se não jogarmos, mas assistirmos a vídeos ou filmes, podemos chegar a um tempo de tela de cerca de 7 a 8 horas. 

Logicamente, tudo isso variará dependendo do nível de brilho escolhido, do tipo de conexão à Internet, etc. 

Sistema operativo e catálogo de jogos

O último elemento chave na comparação está relacionado com o sistema operativo e o catálogo de jogos. E aqui temos duas plataformas bastante diferenciadas, embora compartilhem alguns aspectos em comum. 

Como seria de esperar de um dispositivo lançado por uma empresa cuja atividade principal sempre foi oferecer uma plataforma de jogos, a Steam Deck OLED utiliza o SteamOS como sistema operativo, com o seu próprio lançador de jogos como núcleo do ecossistema. 

É possível jogar qualquer título da Steam, o que proporciona uma vasta gama de jogos, desde muitos AAA até aos indie mais desconhecidos. Jogos até à exaustão. 

Mas nem todos. E aqui é onde a Asus ROG Ally ganha. Ela possui o Windows 11 Home como sistema operativo. Isso significa que com esta consola portátil é possível executar uma quantidade ainda maior de jogos. Para começar, a Steam está entre os lançamentos de jogos para a Asus ROG Ally, pelo que, nesse sentido, oferece o mesmo que a consola da Valve. 

Além disso, é possível instalar qualquer jogo disponível para Windows. E aqui podemos destacar especialmente a plataforma Xbox Game Pass. 

Embora seja verdade que ambas as consolas são essencialmente computadores portáteis e que ambas permitem instalar o sistema operativo que desejarmos, incluindo o Windows para a Steam Deck, está claro que estas opções são mais direcionadas para utilizadores mais avançados, não para aqueles que desejam uma consola para jogar com maior facilidade do que com um PC em casa. 

Também é possível jogar o Xbox Game Pass a partir do Microsoft Edge na Steam Deck, através da execução de jogos em streaming. 

No entanto, é claro que existem muitas vantagens em ter o Windows 11 Home instalado nativamente na Asus ROG Ally, em comparação com ter apenas o SteamOS com a plataforma de jogos da Valve na Steam Deck OLED. 

A análise realista Asus ROG Ally vs Steam Deck OLED

Deixemos de lado as comparações baseadas nas especificações técnicas e em tudo o que é possível instalar numa consola com tempo suficiente, e analisemos para que são destinadas estas consolas. 

Embora sejam boas opções para jogar, não atingem o nível de jogos que podemos encontrar num PC Gaming ou numa consola potente como a PS5 ou a Xbox Series X. 

Mas são perfeitas para a grande maioria dos utilizadores. Quem escreve estas linhas ainda se considera um jogador, mas o tempo é limitado, e já não é possível jogar durante longas sessões de várias horas em casa. Dedico mais tempo a jogar no telemóvel do que com a consola. 

No entanto, isso muda com uma consola portátil como a Asus ROG Ally e a Steam Deck OLED, que permitem jogar um verdadeiro videojogo em qualquer lugar. Em plena viagem, no metro a caminho do trabalho, nos momentos mortos, não importa se estás à espera de ser atendido ou se o plano foi cancelado. Estas consolas permitem-te jogar onde quer que estejas a qualquer momento. 

Por outro lado, em casa também são mais confortáveis de usar do que a consola de mesa. Se tiveres uma PS5 instalada na sala, dificilmente jogarás um par de partidas se chegares cansado no final do dia. No entanto, pode ser mais simples se tiveres uma consola portátil com a qual jogar na cama. 

Se partilhas a casa com a família, jogar com uma Xbox pode significar limitar o uso da televisão ou, no mínimo, isolar-se do resto do mundo para jogar noutra divisão. Com uma destas consolas portáteis, podes jogar no sofá enquanto outra pessoa assiste ao seu programa favorito na TV. 

Por que é que estas coisas são relevantes? Porque, para esta experiência de jogo, a resolução Full HD ou HD, ou o facto de uma consola superar a outra em alguns aspetos técnicos, não são tão relevantes. São mais relevantes aspetos relacionados com a experiência de jogo no dia a dia. Elementos como um ecrã maior, mais bateria, a capacidade de executar jogos com mais solidez, bem como a facilidade de utilização da consola, podem ser muito mais relevantes. 

Se todos os jogos que jogas estão na Steam, a Steam Deck OLED oferece uma experiência simples para lançar jogos. O ecrã OLED é uma característica destacada, e essa meia polegada extra é positiva. 

Se houver títulos do Windows que não estão na Steam e que queres jogar, a Asus ROG Ally pode ser a melhor opção. Oferece um desempenho superior a nível de potência e, sendo um pouco mais pequena, pode ser uma boa opção para levar para qualquer lugar. 

Em qualquer caso, não há diferenças imensas entre as duas consolas. Se houver algo que te faça preferir uma em relação à outra, o melhor é escolheres aquela que preferires, pois provavelmente esses aspetos que preferes serão os que mais apreciarás no uso diário. Ambas as opções têm aspetos destacáveis e falhas em partes iguais, e não são perfeitas, por isso não errarás ao escolher uma sobre a outra. 

Dispositivo Asus ROG Ally Steam Deck OLED
Ecrã 7 pulgadas 7,4 pulgadas
Tecnologia de ecrã LCD IPS OLED
Resolução 1.920 x 1.080 píxeles 1.280 x 800 píxeles
Frequência de carregamento 120 Hz 90 Hz
Processador AMD Ryzen Z1 y Z1 Extreme AMD Zen 2
Chip gráfico RDNA 3 RDNA 2
RAM 16 GB DDR5 16 GB DDR5
Memória interna 512 GB 512 GB y 1 TB
Ampliável? Sí, hasta 2 TB Sí, hasta 2 TB
Capacidada de bateria 40 Wh 50 Wh
Autonomia estimada 2 - 8 horas 3 - 12 horas
Dimenções (comprimento x altura x profundidade) 288 x 111 x 32,4 mm 298 x 117 x 49 mm
Peso 608 gramos 640 gramos
Multimédia 2 altavoces y micrófono

Dolby Atmos

2 altavoces y micrófono
Conectividade WiFi 6E

Bluetooth 5.2

USB C 3.2 + ROG XC Mobile Interface

Jack audio

WiFi 6E

Bluetooth 5.3

USB C

Jack audio

Sistema operativo Windows 11 Home SteamOS 3.0
Preço Desde 599 euros Desde 569 euros

 

post
MOFU