Tablets

Comprar um tablet é uma tarefa simples, graças à extensa gama de tablets que temos na PcComponentes. Termos o tablet que procuras, quer seja um tablet barato, um iPadou um tablet Samsung, BQ, Lenovo ou Huawei com sistema operativo Android. Compara as especificações dos melhores tablets com o nosso comparador e escolhe qual é o que mais gosta. Não te esqueças de complemetar a tua compra com uma capa para tablet, protetores de tela e outros acessórios indispensáveis para tablets, disponíveis na nossa loja online.

255 artigos
FILTRARL

Tablets e iPads: Outra forma de comunicar sem fios nem limitações

Os tablets são o melhor exemplo para ver como os tempos definitivamente mudaram. Há apenas 10 anos atrás, quem teria imaginado que ter um dispositivo destes seria tão indispensável? Aqueles que possuem um destes dispositivos sabe bem do que falamos... Embora seja apenas uma outra maneira de comunicar, aprender ou aproveitar o tempo livre, Tablets e iPads são atualmente indispensáveis. Dentro deste amplo mundo, encontramos tablets de todas as marcas: BQ, Samsung, Microsoft, Lenovo, Acer ou Huawei, entre outras. A escolha é tua, e tudo vai depender dos recursos que precisas, do seu tamanho, se precisas apenas de um tablet barato, ou se não te importas de investir um pouco mais num iPad.

Os tablets são dispositivos a meio caminho entre um smartphone e um portátil. Com esta descrição, os fabricantes decidiram jogar com estas características para lançar novas variedades, com o melhor de uns e dos outros. Isto levou ao surgimento de portáteis conversíveis, smartphones com uma tela muito grande e, é claro, uma nova oportunidade de negócio, com acessórios para tablets, capas ou protetores de tela para iPads e tablets.

Como escolher qual o tablet a comprar?

Antes de comprares um tablet, deves ter em consideração o que realmente precisas. Não é o mesmo um tablet para uso profissional, usando neste caso um tablet da Microsoft, ou na sua ausência, um tablet com Windows. Estes modelos são ideais para trabalhar porque a sua integração é completa com o sistema operativo de desktop, o que te permite passar documentos de um computador para outro ou para a nuvem, usando os mesmos programas em todos eles. A curva de aprendizagem destes tablet PCs está praticamente reduzida a zero, e até aproveitas mais das experiências do Windows com os recursos extras fornecidos pela tela sensível ao toque do teu tablet, experimentando e descobrindo novas maneiras de trabalhar e fazer coisas novas.

Se quiseres aproveitar o teu tempo livre, ver o e-mail, dar uma olhadela no Facebook, Instagram, Twitter ou assistir as tuas séries favoritas no Netflix ou HBO, tens muitos para escolher, porque os tablets Android são perfeitos para esse tipo de uso, e mais baratos que um iPad.

Tablets para crianças: Os brinquedos do século XXI

Os tempos mudaram tanto que as crianças de hoje já não brincam com bonecos, Barbies ou a jogar à bola. Já nascem na era da tecnologia, e preferem videojogos e computadores. Neste ponto, tablets e iPads tornam-se um fator crucial. Estes dispositivos são perfeitos para entreter os mais pequenos por um longo período. Com eles, podem assistir vídeos, jogar e dar os seus primeiros passos em computação. Se estás à procura de um tablet para crianças, escolhe um sistema robusto e económico, como Energy Sistem ou BQ. Mas como é claro, não te podes esquecer de uma capa, para amortecer os ''acidentes''.

Atenção ao armazenamento

Um dos aspetos fundamentais é o armazenamento, ou capacidade - o espaço em que armazenas as aplicações e documentos. Certamente já sabes o que é ficar sem espaço no teu smartphone e teres que excluir fotos e aplicações para o continuar a usar. Com os tablets acontece exatamente a mesma coisa. Atualmente, os modelos mais vendidos são os de 32 GB, porque se o teu smartphone de 16 GB está aquém em espaço, um tablet de 32 GB será então o mais indicado. No nosso catálogo podes encontrar modelos com até 256GB de armazenamento, graças à expansão de memória proporcionada pelos cartões MicroSD. Se isto for importante para ti, observa atentamente as especificações do produto.

Outro filtro importante ao escolher o teu tablet são os gigas de RAM. Este componente é responsável por armazenar as informações dos processos ativos, ajudando as aplicações que, uma vez abertas, precisam de transição entre uma aplicação e outra, para que esta seja mais fluida. Podes encontrar tablets com 1 GB de RAM (um pouco desatualizados), até tablets com 8 GB de RAM. Os mais comuns são tablets de 2 GB. Em qualquer caso, recomendamos que feches as aplicações ativas quando parares de as usar. Isto liberará a RAM do teu tablet, e fará com que ele funcione com mais agilidade.

Os processadores de um tablet são chamados SoC (System on a Chip), porque é um componente único que integra todos os elementos de um computador. Neste aspeto, os Qualcomm Snapdragon e os Mediatek são os mais usados em tablets Android, embora aos poucos os processadores de baixo consumo de energia da Intel estejam a ganhar terreno. No caso da Apple, o A10X (a versão melhorada do A10, usada nos iPhone) é o mais poderoso que a empresa tem, e o escolhido para integrar no seu novo e mais vendido tablet, o iPad Pro.

Estes sistemas integram o processador (CPU) e gráficos integrados (GPU), e são fabricados sob a arquitetura ARM, uma arquitetura otimizada para oferecer ótimo desempenho em dispositivos móveis (smartphones e tablets) com um consumo de energia muito menor que os chips utilizados em portáteis e desktops. Atualmente, nalguns casos, podem ser comparados aos de um computador, já que também existem conversíveis 2 em 1 que permitem alternar entre o modo tablet PC e portátil.

Tamanho, polegadas e tipo de tela dos tablets

O tamanho de uma tela é medido na diagonal desde o canto inferior até ao canto superior oposto, e as polegadas são usadas como unidade de medida. Uma polegada são 2,54 centímetros, então um tablet de 7 polegadas tem uma tela de 17,8 centímetros de diagonal, enquanto um tablet de 12 polegadas terá 30,4 cm.

O tamanho é um fator que depende tanto dos teus gostos pessoais como do uso que dás ao teu tablet. Se queres algo leve, compacto, e que usas para consultar o teu perfil nas redes sociais, navegar e assistir vídeos, o melhor é escolher um tablet de 8 polegadas ou menos.

Se, pelo contrário, quiseres transformar o teu novo tablet numa ferramenta de trabalho, pela sua conveniência e eficiência, deves escolher tablets de 10 polegadas ou mais, como as telas de 12 polegadas, ou porque não experimentar os tablets conversíveis 2 em 1: Dispositivos que combinam o poder de um portátil com a versatilidade de um tablet PC - portabilidade, tela tátil e leveza.

Se ainda não tens a certeza de que tamanho escolher, aqui estão os mais solicitados pelos nossos utilizadores:

Que tipo de tela será melhor para o meu tablet? IPS, LCD, Super AMOLED, Retina, Capacitiva, Resistiva...

Caso não bastasse adivinhar o tamanho da tela, entramos noutro terreno ainda mais complexo: O tipo de tela de um tablet.
A lógica é a mesma que a de um smartphone, portanto, essa informação pode ser válida se também pretendes comprar um novo smartphone.

Cada marca tem uma predileção ao usar um tipo de tela ou outro no fabrico. Por exemplo, a Samsung coloca painéis Super AMOLED nos seus tablets e smartphones há anos. A sua grande rival, a Apple, usa o Retina Display, que é o nome comercial das suas telas IPS de alta resolução.

Vejamos as diferenças entre as diferenças que podes encontrar entre os diferentes painéis usados como telas nos tablets mais recentes.

LED ou LCD

Começamos por referir que estes tipos de telas são exatamente os mesmos, exceto no tipo de iluminação. A diferença entre os LCD e os LED é que o sistema de iluminação de um painel LCD é formado por lâmpadas fluorescentes que geralmente estão localizadas nos extremos da tela. Como podes imaginar, nas telas de LED, a iluminação é feita por pontos LED, o que permite uma grande economia de energia. Outra vantagem em comparação com os LCDs é que ao longo dos anos, o LED mantém a intensidade da cor, enquanto as lâmpadas fluorescentes do LCD desgastam-se com o tempo, e acabam por gerar cores menos vibrantes.

Com o passar dos anos, os sistemas de iluminação foram melhorados, resultando em divisões dos tipos de tela LED: Edge LED e Full LED.

  • Telas Edge LED: O sistema de iluminação consiste numa faixa LED colocada em redor da tela. A luz é direcionada para os diferentes pontos por difusores.

  • Telas Full LED: Um segundo painel de LEDs é colocado debaixo da superfície do cristal líquido. Esta fórmula permite ligar, desligar e variar a intensidade do LED em cada ponto da tela para gerar cores mais realistas.

Falando das semelhanças, em ambos os casos as telas são feitas de cristal líquido eletro-estimulável que ocupa toda a superfície e literalmente inunda as células (pixels) da tela. A forma de gerar cor é baseada em impulsos elétricos, que dependendo da sua intensidade, ligam os cristais em certas posições, gerando cores diferentes quando são atravessadas pela luz do painel traseiro.

IPS ou Super AMOLED

Os painéis IPS e AMOLED contam com grandes diferenças, virtudes e desvantagens que tornam cada um deles em tecnologias perfeitas, dependendo das tuas necessidades. Enquanto um IPS é um dos segmentos em que os LCDs evoluíram, o AMOLED é uma nova linha no panorama de painéis e telas para tablet PCs, smartphones e televisões, e dispensa pela primeira vez uma segunda camada de iluminação, uma vez que os pixels de um AMOLED brilham sozinhos.

Uma tela IPS é mais espessa e consome mais que uma AMOLED. Em contrapartida, os seus ângulos de visão são mais amplos e reproduzem melhor a imagem debaixo de fontes de luz direta (como o sol ou uma lâmpada forte) e podem aparecer fugas de luz.

O AMOLED e o Super AMOLED são mais finos, consomem muito menos energia e têm uma divisão muito melhor ao nível do pixel. Os seus ângulos de visão são menores e tendem a saturar as cores.

Então é claro que, se queres comprar um tablet com qualidade de imagem insuperável, deves optar por um tablet com tela IPS. Se o que procuras é mais autonomia e menor espessura, uma tela AMOLED é a tua escolha óbvia.

Capacitiva ou Resistiva

Embora ambos os tipos sejam baseados na mesma premissa (detetar as mudanças na corrente elétrica) cada um deles fá-lo de maneiras diferentes.

Os Capacitivos são formados por um único painel que deteta não só a pressão, mas também qualquer atrito, o que os torna especialmente úteis em smartphones e tablets, porque são muito mais sensíveis e reconhecem melhor qualquer interação do utilizador.

Os Resistivos são compostos por duas camadas que entram em contato quando a pressão é exercida sobre a primeira. Desta forma, detetam o lugar onde pressionas. Assim são evitados muitos movimentos involuntários mas, até agora, a possibilidade de usar o multi-toque foi perdida, algo vital quando se trata de fornecer um tablet com um número de funções extras executadas diretamente com vários dedos, como por exemplo a Apple, especialista neste respeito.
Os resistivos são mais resistentes ao pó, mas perdem até 25% do brilho por terem várias camadas, algo que afeta bastante a luminosidade.

Sistemas operativos para tablets: Android, iOS e Windows

Um dos aspetos mais vitais, nem sempre tem a atenção que merece por parte dos utilizadores que compram um tablet. O sistema operativo marca a maneira como interages com o teu dispositivo, bem como as aplicações e funcionalidades que gostas, já que cada uma das interfaces possui o seu próprio armazenamento de aplicações: Play Store, AppStore e Windows Store.

As diferenças entre os três S.O. são drásticas, quase irreconciliáveis, a menos que utilizes serviços da nuvem, como o Google Drive ou o Dropbox, acessíveis em todas as plataformas. Naturalmente, cada um é um sistema operativo totalmente funcional, no qual é raro encontrar a ausência de qualquer função vital, tanto do ponto de vista profissional como para os utilizadores casuais (que são, aliás, a maioria).

Os tablets Android, tal como os smartphones, são os mais difundidos, principalmente porque são os tablets mais baratos. Ao partilhar a plataforma com o mercado de dispositivos móveis, as aplicações são compatíveis entre si, o que incentiva muitas pessoas a escolher a combinação tablet + smartphone Android como ferramentas de trabalho.

iOS é um mundo inteiro para descobrir. A conetividade entre dispositivos da Apple é total, seja um iPhone ou iPad (iOS), um iMac ou Macbook (MacOS), os dispositivos da Apple possuem uma fonte quase inesgotável de ferramentas (AppStore), com um grande número de aplicações exclusivas e uma vantagem que ninguém mais possui: Um sistema operativo que foi especialmente desenhado para maximizar o desempenho do hardware de cada componente. Além disso, a Apple cuida dos recursos e funcionalidades dos seus produtos até ao último detalhe, o que levou ao desenvolvimento de um ecossistema que tem sido usado por milhões de utilizadores que desejam reunir toda a tecnologia numa única plataforma de vários dispositivos.

O Windows não precisa de apresentações. O SO mais difundido do mundo abre uma nova janela entre a oferta de tablets para profissionais e uma premissa simples: Se o tens no teu computador, e gosta do Windows, porque não comprar um tablet Windows e descomplicar a vida? Aqui aproveitas a interface habitual, as aplicações do costume e uma nova maneira de interagir com elas graças à tela sensível ao toque.
Isto facilita a transição de uma plataforma para outra e, por esse mesmo motivo, os tablet PCs e conversíveis 2 em 1 ganham cada vez mais força. Estes tablets são especialmente perfeitos para profissionais, embora isto não te deva impedir se os desejares para outras tarefas mais ociosas, devido ao seu desempenho perfeito.

Conhece a fundo os tablets Samsung

A Samsung é um dos maiores fabricantes de tablets do mundo. O catálogo abrange todas as gamas, desde modelos mais económicos até aos do topo do mercado, com uma série de variantes que cobrem qualquer necessidade que possas ter.

Os tablets Samsung têm em comum a camada de personalização Touchwiz, desenvolvida pela própria marca, e que te oferece um bom número de funções e novos recursos em relação aos outros tablets Android, o sistema operativo no qual se baseia, e com o qual já estarás acostumado se és um utilizador de smartphones Samsung.

Os modelos Samsung Galaxy combinam num único dispositivo todas as inovações que a evolução tecnológica traz todos os anos, juntamente com um design soberbo, elegante, com materiais de qualidade e a garantia de uma grande marca.

Embora a marca tenha modelos com tela IPS, a marca aposta cada vez mais em painéis Super AMOLED. O uso destas telas permite que a Samsung crie tablets mais finos com uma boa autonomia, graças ao menor consumo destes painéis. Outra das qualidades é a sua saturação de cor específica, que torna as cores mais chamativas e super-saturadas numa das características mais distintivas da marca.

Diferenças entre tablets Samsung Galaxy Tab

Qualquer pessoa que pense em comprar um tablet Samsung e começar a pesquisar encontrará um dos maiores catálogos possíveis. A verdade é que pode ser confuso, até mesmo frustrante. Vamos então falar um pouco sobre os pontos comuns desses tablets e focar dois modelos: um tablet de 10 polegadas da Samsung e outro de 7 polegadas.

Nesta corrida vertiginosa para escolher um novo tablet, terás que te conhecer muito bem o tamanho que estás à procura, comparar preços e características técnicas, como tamanho e resolução da tela, câmara, armazenamento interno... porque se há algo que se destaca no catálogo da Samsung, é precisamente a grande variedade de tablets oferecida.

Os modelos mais populares são o Galaxy Tab A, de 9,7 polegadas, por isso falamos de um grande, e o Galaxy Tab 3 Lite, de 7 polegadas, um modelo pequeno.

Uma das características mais elogiadas pelos utilizadores é que, ao contrário de outras marcas, a Samsung é uma das empresas que permite expandir a capacidade de armazenamento com cartões MicroSD.

Samsung Galaxy Tab A 9.7

Começamos por falar sobre o tablet de 9,7 polegadas, um dos modelos mais valorizados pelos utilizadores por ser um tablet de quase 10 polegadas com um bom design, leve, potente e com o sempre impressionante painel Super AMOLED, que dá aquela cor caracteristicamente saturada dos produtos da Samsung.

Samsung Galaxy Tab 3 Lite

Aqui encontramos um tablet pequeno e barato de apenas 7 polegadas. Este tablet está enquadrado na gama de entrada e é perfeito para novos e velhos, que não dão um uso muito intensivo.

iPad, o tablet da Apple

Quando pensas em Apple, uma maçã é desenhada na tua imaginação, num design simples, elegante e inovador.
O seu alcance vai desde o iPad Mini, um tablet de 7,9 polegadas, até ao iPad Pro de 12,9 polegadas.

Podes encontrar o iPad Mini com resoluções HD e Full HD dependendo se falamos do modelo normal, do iPad Mini 2 ou do iPad Mini Retina. O seu tamanho é perfeito tanto para o segurar com uma mão, enquanto com a outra realizas todos os tipos de ações, como para ser usado com as duas mãos, em modo de paisagem, se quiseres assistir a vídeos ou consultar dados.

Os modelos iPad Pro e iPad Air vão até 9,7 e 12,9 polegadas, dimensões de acordo com as especificações, e um sistema operativo que os torna em excelentes tablets.

A possibilidade de conectar um rato e um teclado sem fios dá-te uma nova dimensão de utilização a estes tablets que, graças ao sistema operativo iOS, permitem trabalhar continuamente e partilhar os teus documentos entre os diferentes dispositivos Apple, entre os quais iPhone, iMac ou Macbook.

A unificação entre plataformas é uma das razões pelas quais muitos utilizadores escolhem Apple, iPad ou iPhone para renovar o seu tablet ou smartphone. Não só é muito útil para profissionais, mas também para utilizadores casuais, que podem ver as suas fotografias ou vídeos, continuar com as suas conversas e muito mais, em qualquer dispositivo da Apple com um simples gesto. Os dispositivos Apple reconhecem-se uns aos outros e, uma vez conectados, basta apenas um toque do dedo para transferir o que fazes no teu iPad, para um Macbook, iMac ou iPhone.

O maior trunfo deste fabricante é efetivamente o sistema operativo projetado pela Apple, ou melhor, sistemas operativos: iOS e MacOS são o principal diferencial em relação a outros tablets. A empresa tem muita atenção com o seu ecossistema e, portanto, quando usas um iPad, tudo é perfeito, porque no iOS nada foi deixado ao acaso e o sistema operativo aproveita ao máximo o hardware que foi escolhido peça a peça para criar este dispositivo.

A AppStore fornece uma enorme quantidade de aplicações de todos os tipos: suítes de escritório, jogos, utilitários, navegadores, etc, para que personalizes e desfrutes do teu tablet iPad sem qualquer obstáculo.

Um iPad é algo mais do que um tablet - É uma maneira de te conectares pessoal e profissionalmente, uma ferramenta fantástica feita com materiais de primeira. e concebida por um dos grupos mais inovadores e pioneiros do mundo em termos de tecnologia e experiência de utilizador.

Uma aura de exclusividade envolve os produtos Apple, e a prova disso é que o design das capas para iPad Mini tendem a exibir uma abertura para mostrar orgulhosamente a maçã. Os restantes acessórios para iPads, carregadores, teclados e protetores relacionados com a marca seguem a sua estética, e são considerados itens quase de luxo devido às incríveis exigências de qualidade impostas pelo fabricante.